quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Parque da Cabreia, Silva Escura, Sever do Vouga

Querem vir comigo?

Vou levar-vos a um local que já muitos disseram que era o paraíso na terra, entre eles, à frente de uma câmara de televisão, José Hermano Saraiva, no programa, "Horizontes da Memória".
Talvez seja um exagero ou talvez não. A verdade é que ADORO! Vou lá todas as estações do ano, pelo menos uma vez. 
Já lá levei muita gente e nunca desiludi ninguém, pelo contrário, todas as expectativas foram superadas. 

Estão preparados? Roupa confortável e calçado prático para enterrar os pés na lama? Então, sigam-me!
© Sweet Moments | Photography | 2014
Quando descemos a rampa que dá acesso ao parque da Cabreia, numa cinzenta tarde de Inverno, é este o cenário que vislumbramos, lindíssimo e coberto de folhas de cor vibrante. 
© Sweet Moments | Photography | 2014
Mais em baixo, deparamo-nos com esta casinha que é nada mais do que o WC. Sempre que lá vou, coincidência ou sorte, está sempre aberta, limpa e tem papel higiénico.
© Sweet Moments | Photography | 2014
Em frente, corre o rio Mau.
© Sweet Moments | Photography | 2014
Seguindo pela esquerda, encontramos mesas e bancos para picnics, um pouco por todo o lado, nos socalcos inclusive.
© Sweet Moments | Photography | 2014
À medida que o som da água aumenta, o cenário é cada vez mais belo, e aumenta também a expectativa da tão esperada atracção principal.
© Sweet Moments | Photography | 2014
Seguindo o som da água, para trás vão ficando alguns moinhos e pequenas quedas de água.
Há que ter sensibilidade e uma forte paixão pela Natureza, para reparar em todos os recantos deste espaço quase imaculado e tão acolhedor.
© Sweet Moments | Photography | 2014
As várias pontes que atravessam o Rio Mau, bem como as cercas que nos protegem das quedas, estão tão bem disfarçadas (feitas com a matéria prima que a mãe Natureza nos dá), que parecem fazer parte do cenário natural.
© Sweet Moments | Photography | 2014
Os amantes da fotografia, certamente param um pouco por todo lado, tentando captar os vários arrastamentos de água.

Chegámos à principal atracção. A fotografia da  famosa cascata da Cabreia, com 25m de altura, não é a melhor, dado que a força das águas não permitiu que me aproximasse o suficiente (na altura usei uma lente 18-55mm, mesmo assim, ficou toda salpicada)
© Sweet Moments | Photography | 2014
Podem ver em baixo uma foto mais apresentável da dita (captada sem tripé, no Verão).
© Sweet Moments | Photography | 2014
Agora, vou subir, mas atenção, só os mais corajosos é que podem vir comigo. Cuidado! As folhas que cobrem o chão, são altamente escorregadias e o piso é irregular e húmido devido à queda de água. Todo o cuidado é pouco!

Chegámos, e agora, espasmem-se! Esta que vos escreve, que quando anda de câmara na mão e dispara por todo o lado, lamentavelmente, esqueceu-se de captar o cenário visto de cá de cima. No entanto, andei um pouco mais para a frente, e vi esta queda a primeira que dá acesso à cascata.
© Sweet Moments | Photography | 2014
Ando uns metros mais para a frente, e a beleza deste espaço continua a surpreender, bem como as várias pequenas cascatas ao longo do leito do Rio Mau.
© Sweet Moments | Photography | 2014
O parque da Cabreia situa-se em Silva Escura, Sever do Vouga, distrito de Aveiro. 

Atenção: não confundir com a serra da Cabreira.
© Sweet Moments | Photography | 2014
E termina assim a vossa visita guiada, espero que tenham gostado e que voltem sempre.
Siga-nos no FACEBOOK

23 comentários:

  1. Fantástico :) Tenho o prazer de conhecer este local pessoalmente e adoro :)
    Estas fotos estão lindíssimas, Parabéns :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que já conhece!

      Muito obrigada, Sandra :)

      Eliminar
  2. Fantástica produção de fotos e texto, Anabela. Amei. Parabéns

    ResponderEliminar
  3. Belo sítio e belas fotos! Seguramente um lugar a visitar. Obrigado pela partilha :)

    ResponderEliminar
  4. Deslumbrante Ana!! Já vi várias imagens deste lugar... Fico sempre maravilhado, as tuas fotos acrescentam ainda mais beleza pela forma como transmitem os encantos do lugar e pela qualidade patente nas mesmas!
    Tenho de me tentar a ir lá.. ou melhor, tentar encontrar o caminho para lá!!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, obrigada!
      Quando cá vieres, se precisares, tens guia garantida, é só avisar! :)

      Eliminar
    2. Agradecido pela atenção Ana! Isso é excelente, até porque já em tempos tentei pesquisar no maps e entendo que mesmo a nível de GPS sem as coordenadas me seria dificil encontrar o lugar!

      Eliminar
    3. Acredito que sim. Já experimentaste o Google Earth?

      Eliminar
    4. Desculpem intrometer-me na conversa, mas é por uma boa causa. Caro Rui, se pesquisar pelo nome da cascata no website www.gpsies.com, encontra vários percursos realizados em BTT que terminam na Cascata da Cabreia.

      Eliminar
  5. Tenho o prazer de ser vizinha desta cascata, obrigada pela fantástica descrição e pelas imagens. Neste momento estou a viver no estrangeiro, pelo que sabe ainda melhor ver as suas fotos!
    Uma curiosidade, a primeira queda de água antes da cascata (conhecida por "dorna" pelas gentes locais) é cenário de uma lenda já bastante antiga :)
    Mais uma vez o meu obrigado por me fazer rever este local tão especial para mim, e que guarda centenas de histórias da minha infância e adolescência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz por ter gostado. Estando no estrangeiro, acredito que estas imagens têm um sabor especial.
      Desconhecia que havia uma lenda, fiquei curiosa.
      Muito obrigada! :)

      Eliminar
  6. Tenho de ir à descoberta! Lindo! Parabéns!

    ResponderEliminar
  7. O belo é simples de dizer, mas esta descrição é sedutora. As fotos realçam a beleza do lugar. Obrigado.

    ResponderEliminar
  8. Bem magnifico trabalho Ana. Beijinhos e parabéns Amei

    ResponderEliminar
  9. por favor dêem-me as coordenadas, OBRIGADO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Manuel! :)

      São estas as coordenadas: 40º45'10.35"N
      8º23'25.80"O

      Espero que goste da visita!

      Eliminar
    2. muito obrigado pela atenção,Parabéns pelo trabalho !!!

      Eliminar
  10. PARABENS ANA.VENDO ESTAS FOTOS ACREDITAMOS QUE AINDA A MAO DE DEUS ESTA
    EM TODOS OS LUGARES ...MENOS NAQUELES QUE O HOMEN ESTA DESTRUINDO POR
    GANANCIA E INBECILIDADE .
    ADORAMOS A NATURESA ,SEM DESTRUI-LA
    ROSA MARIA

    ResponderEliminar
  11. Ainda não cheguei lá, ou porque, ou então porque mas estes dias vou lá

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e pelo comentário!